Back

OPTIMIZE CAPITAL REFORMA PPR MODERADO

Fundo de Investimento Aberto de Poupança Reforma
30 de setembro de 2016
Código
ISIN PTOPZDHM0000
Data do lançamento
19 de Agosto de 2010
Moeda
EUR
 Factsheet
Nome da gestora
Optimize Investment Partners SGFIM SA
Rentabilidades Anualizadas Líquidas
12 Meses 24 Meses 36 Meses Desde Lançamento
3.53% 3.39% 5.67% 4.67%

Indicador sintético de risco e rentabilidade

Risk level 4

Riscos materialmente relevantes para o Fundo que não sejam refletidos de forma adequada pelo indicador sintético:

  • Risco de Crédito: Podendo existir um investimento significativo em títulos de dívida, um emitente pode falhar em cumprir as suas obrigações de pagamento atempado de principal e juros.
  • Risco de Liquidez: o Fundo investe em títulos que podem sofrer uma desvalorização se vendidos em períodos de baixa liquidez.
  • Riscos Operacionais: o Fundo depende de outras entidades cujos incumprimentos podem impactar o valor do Fundo.
  • O Fundo pode recorrer a derivados, reportes e empréstimos, com potencial impacto no valor da unidade de participação.
  • Risco de Taxa de Juro: A valorização das Obrigações de taxa fixa nas quais o Fundo investe pode ser impactada pela subida das taxas exigidas pelo mercado.
  • Risco Cambial: o Fundo pode investir em títulos em moedas estrangeiras, cujos câmbios face ao Euro podem impactar o valor do Fundo.

Objetivos e Política de Investimento

O objetivo principal do Fundo é proporcionar aos seus participantes a perspetiva de investimento no longo prazo. O investimento neste Fundo determinados benefícios fiscais sob condições de permanência.
Os principais ativos elegíveis são: ações, obrigações, instrumentos monetários, fundos e derivados.
Limites de investimento: máximos 20% em instrumentos monetários, 15% acções, 20% fundos imobiliários, mínimo 50% em obrigações.
Máximos de endividamento: 10% do património do fundo
O investidor pode pedir resgate das unidades de participação diariamente em dias úteis portugueses.
O Fundo não tem vocação setorial ou geográfica, mas limita-se aos países da OCDE.
Não existem garantias.
O Fundo poderá investir em ativos denominados em outras moedas que não o Euro.
O Fundo é gerido de maneira ativa e o gestor seleciona ativos de forma discricionária.
O Fundo não recorre a padrões de referência.
Os rendimentos do Fundo são reinvestidos.
O Fundo pode investir em títulos de dívida de Estado e Empresas.
O Fundo pode recorrer a derivados, reportes e empréstimos, que podem previsivelmente determinar os resultados do Fundo.

Gráfico de evolução do fundo

Metodologia de alocação de ativos

Em termos de classes de ativos, a carteira do Fundo será constituída por ativos de elevada liquidez, designadamente:

  • Acções ou valores equiparáveis, até ao limite de 55% do seu valor líquido global.
  • Títulos de dívida pública e privada e títulos de participação, sempre com um mínimo de 25% do seu património investido em obrigações ou outros instrumentos de investimento coletivo cuja política de investimento seja maioritariamente constituída por obrigações de risco de crédito reduzido, de emitentes da União Europeia e internacionais com notação de rating de Investment Grade (mínimo de BBB- pela Standard & Poors, Baa3 pela Moodys).
  • Instrumentos do mercado monetário, até ao máximo de 20%.
  • Unidades de participação de outros Fundos, de fundos de investimento mobiliários, e imobiliários incluindo os fundos geridos pela sociedade gestora, cujos objetivos sejam compatíveis com os do fundo. No caso do investimento em Organismos de Investimento Coletivo geridos pela sociedade gestora, esta não pode cobrar comissões de subscrição e de resgate.
  • Instrumentos financeiros derivados.

Em termos de divisas e de coberturas cambiais, este Fundo investirá maioritariamente em ativos denominados em Euros. Em condições normais o Fundo não efetuará cobertura de risco cambial, salvo se a gestão o considerar como adequado, face às expectativas de que as moedas estrangeiras se possam desvalorizar de forma relevante.

Em termos de repartição por geografia, não se encontram definidas regras sobre a incidência geográfica dos seus investimentos.

Em termos setoriais, o Fundo não privilegiará, sectores económicos específicos.

Menção ao efeito alavancagem, ou não

A Optimize pode contrair empréstimos por conta do Fundo, com a duração máxima de 120 dias num período de um ano, até ao limite de 10% do seu valor líquido global.


Encargos (Custo fixo, variável, subscrição, resgate, outros)

Custos Comissão em %
Imputáveis diretamente ao participante
Comissão de subscrição 0%
Comissão de resgate 0%
Imputáveis diretamente ao fundo
Comissão de Gestão 1.2% ao ano
Comissão de Depósito 0.20% ao ano
Taxa de Supervisão 0.00133% ao mês
Outros Custos Os custos emergentes das auditorias exigidas por lei ou regulamento